quarta-feira, 8 de outubro de 2008

. . .


Final de semana foi muito bom , mas hoje o post terá outro foco.
precisoo hoje fazer uma homenagem a Luna ( cachorrinha poodle de meu avô) , na verdade era p eu ter feito isso antes , mas n tve tempo de entrar na internet, entao vamos lah.
17 de abril de 1998 nasce Luna, peludinha, gorduchaa, mal conseguia ficar em pé de tão gordinha, mas era a coisa mais linda do mundo, minha mãe comprou ela num canil e o nome ficou : Luna Campos de Vilandry, viajamos pra Irará, onde estavam meu avós, arrumamos ela dentro d uma cestinha dessas de café da manhã, colocamos um lacarote no pescoço e chegando lah SURPRESAAA... demos d presente a meu avô, ele sempre teve cachorros td sua vida, são como companheiros para ele, e Kitana tinha morrido à pouco tempo, com apenas 3 anos d idade, ela tb era uma poodle super fofa.
Lulu sempre teve problema de coração e de pele... toda cheia d coisa, mas é da raça, podlles sao muito propensos a adoecer. Na última quarta-feira estive aki embaixo (no apto d meu avô q fica literalmente embaixo do meu), e lulu estava com uma tosse seca muito estranha, fiquei preocupada, ela tossia sem parar, e olhava p mim com akele olhinho quebrado, e eu acariciava ela tentando consolar e fzer melhorar akela tosse... comentei com minha tia q tinhamos que leva-la num veterinário, e ela confirmou q no dia seguinte sem falta a levaria até lá.
Pois é... Lulu piorou, e o veterinario a mandou para uma clinica longe , pois a dele n tinha internamento, detalhe, no horario d maior engarrafamento da cidade, 6 hrs da tarde. Minha mãe e minha tia disseram que foi uma cena muito triste e que elas nunca irão eskecer, minha lulu sofrendo, sem ar, lutando contra a morte.. mas nd adiantou.
Chego do jazz 21:00 da noite e fico sabendo da morte de uma das criaturas mais importantes da minha vida, simmm... ela era da familia e cresceu junto comigo, sentirei falta dos gritos dela me pedindo pra coçar e sua unha afiada me arranhando.
Só quero q ela esteja bem onde está.. e que saiba que eu , e toda família a amamos muitoo!!! e que ela nunca será esquecida por nós, jamais.

Te amo minha gorducha linda!!!

5 comentários:

Simone Brasil disse...

quando vi a foto, achei muito parecida com Bubba, uma cadela minha que morreu ano passado... quando li o post, vi que tem uma razão: Bubba era do canil Villandry tb! Só que é um ano mais velha que Luna! Mas devem ser parentes!!
Mas eu sei como vc se sente, gata... sei msm!
=***

Lays disse...

oown!! pior que também sei como vc se sente :/
mas ela deve estar lá brincando com a cadelinha de Chu e o meu bebê também ;]

outro dia faço um post em homenagem a ele tb hehe ;**

kilder disse...

mia mia...essa historia nao é veridica, quem dera se eu fosse o pietro...e encontrasse uma julia no meu caminho, to procurando...quem sabe, nao esbarro nela por ai....
essa foto é mt linda!!!!
t+

Leandro Lima disse...

Tenso...
Mas tudo tem uma razão...
=/ acho tenso de mais isso...
Nao tenho o que comentar...

Alice disse...

ela demora mais pra uns, menos para outros , mas a morte chega.pensa nela como uma fase de transição, e, sim, ela vai fazer falta, mas a vida não acaba por aqui não! O que inicia termina, e o que termina, nasce de novo!
beijinhos!